Trabalhadores em greve mantêm corte de rendição em Cabiúnas

Segunda, 23 Março 2009 21:00
O grupo de Cabiúnas que trocaria turno à 0h de hoje também se manteve na paralisação...

Sindipetro NF

O grupo de Cabiúnas que trocaria turno à 0h de hoje também se manteve na paralisação. O movimento começou ontem com ocupação do terminal. A unidade só foi entregue para a equipe de contingência às 13h30 de ontem, pelos 92 trabalhadores dos grupos, após tentativa frustrada de negociação com a gerência para manter o controle da operação sob comando dos petroleiros em greve.

O sindicato mantém o indicativo de corte de rendição. Segundo informações obtidas pela entidade é precária a situação da operação do terminal, que está sobre a responsabilidade da Transpetro, e pelo menos duas unidades foram desligadas.

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.