Petrobrás embarca trabalhadores em plataforma da Bacia de Campos sem resultado de teste para o Covid-19

Sexta, 02 Julho 2021 15:31

O Sindipetro-NF recebeu denúncia de que trabalhadores foram embarcados na P-31, na Bacia de Campos, antes da divulgação do resultado do teste para Covid-19. Segundo o sindicato, o isolamento está sendo feito dentro da plataforma, em alto mar, sob risco de contaminação dos trabalhadores que estão à bordo

[Da imprensa do Sindipetro NF]

Petroleiros foram embarcados na P-31, ontem, sem resultados de exames para Covid-19 e foram mantidos isolados na sala de cinema da plataforma, o que contraria a legislação. O caso está sendo acompanhado pelo Departamento de Saúde do Sindipetro-NF, que recebeu denúncia dos trabalhadores e cobra explicações da Petrobrás.

O voo para P-31 ocorreria na última terça, 29, com exames feitos no último domingo e resultados conhecidos na segunda-feira. No entanto, houve transferências sucessivas do voo, primeiro para quarta e depois para quinta-feira, e os trabalhadores tiveram que fazer novos exames — segundo a empresa, o exame tem validade de três dias.

Os petroleiros fizeram novos exames na quarta-feira, às 16h, e foram embarcados em voo das 6h30 da manhã da quinta-feira, ainda sem conhecer os resultados. Ao chegarem à unidade foram colocados, isolados, na sala de cinema, até por volta das 9h30 — quando finalmente saíram os resultados, com nenhum positivo.

Para o coordenador do Departamento de Saúde do Sindipetro-NF, Alexandre Vieira, “não tem lógica, por causa de algumas horas, embarcar as pessoas para fazer isolamento a bordo, o que não é permitido tanto pela legislação estadual quanto pelas recomendações do MPT e da Anvisa. Ou o trabalhador está apto a embarcar ou não. Esse jeitinho não tem cabimento”.

Em sua recomendação de 31 de março de 2021, o MPT (Ministério Público do Trabalho) afirma que a empresa deve “abster-se de realizar isolamento a bordo de pessoas com suspeitas de infecção por Covid-19, promovendo o imediato desembarque dos casos suspeitos e/ou confirmados e a desinfecção de quaisquer acomodações utilizadas pelos trabalhadores portadores de doenças infectocontagiosas”.

O Sindipetro-NF estimula que toda a categoria mantenha a entidade informada sobre as condições de saúde e segurança, especialmente sobre os protocolos de prevenção à Covid-19, por meio de mensagens para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Última modificação em Quarta, 07 Julho 2021 18:01

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.