Assédio na P-63: operadores de caldeira são “convidados” a estender embarque por uma semana

Segunda, 22 Março 2021 13:39

O Sindipetro-NF recebeu denúncia de que operadores de caldeira da P-63 estão sendo “convidados” a ficarem uma semana além dos 14 dias de embarque. Com isso, a folga fica resumida a apenas 12 dias.

Também há a denúncia de que alguns eletricistas da contratada pela Petrobrás estão atuando como operadores de facilidades.

De acordo com o diretor do Sindipetro-NF, Antônio Carlos Bahia, que está acompanhando o caso, operadores de caldeira, lastro, bem como supervisores (devido à possibilidade de greve) têm realizado embarques de 21 dias em P-63.

A categoria denuncia que os “pedidos de colaboração” são feitos em tom amistoso, ameno, dissimulando a prática de assédio. A tática tem sido transferir para o trabalhador a responsabilidade pelo baixo efetivo na unidade.

O Sindipetro-NF cobra explicações da Petrobrás sobre essa prática da empresa contratada e se manterá atento para possível denúncia aos órgãos fiscalizadores. A categoria pode manter a entidade informada pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

[Da imprensa do Sindipetro NF]

Publicado em Sistema Petrobrás

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.