"Sempre estivemos na luta", afirma coordenador do Sindipetro Bahia

Quinta, 11 Março 2021 14:04

Em carta aberta aos trabalhadores, o coordenador do Sindipetro Bahia, Jairo Batista, reforça o chamado da FUP à unidade na luta contra as privatizações. Em Informe FUP enviado à categoria no último dia 04 e publicado aqui, a Federação deu o seguinte informe:

"Em reunião na terça-feira, 02/03, com os sindicatos que integram a FNP, os dirigentes da FUP fizeram um chamado aos companheiros para que se somem à luta que estamos travando contra as privatizações e o desmonte do Sistema Petrobrás, cujos efeitos são catastróficos não só para a categoria petroleira, como para toda a classe trabalhadora. A população está sendo prejudicada pela desindustrialização, desemprego e empobrecimento de diversas regiões do país, além dos preços abusivos dos combustíveis."

Leia a íntegra da carta aberta do Sindipetro Bahia:

Não é de hoje que a FUP – Federação Única dos Petroleiros, que agrega 12 sindicatos, chama a FNP (Federação Nacional dos Petroleiros), – Ofício circular 002/FUP , composta apenas por cinco sindicatos para unidade, principalmente na luta concreta e não fazendo discurso, como de costume, para dividir a categoria.

Nós entendemos que a luta contra a privatização da Petrobrás e os desmandos do atual governo, é bem maior e mais ampla. Faz-se necessário que cada vez mais atores se engajem nesse propósito e entrem na trincheira para lutar, objetivamente, contra a entrega do patrimônio nacional. Não é hora de disputas menores.

Acreditamos que essa luta convoca todos. Portanto, os companheiros de verdade, precisam se juntar em defesa dos nossos direitos, dos empregos que estão sendo ameaçados pela atual gestão da Petrobrás e pelo governo Bolsonaro. Entendemos ser necessária essa unidade, porém, ações contraditórias só confundem e nos desviam do verdadeiro alvo, o governo entreguista que se instalou na República.

Divergência na condução é normal, mas agora o inimigo é aquele que nega vacina para o povo, que não dá meios para o combate à pandemia, sendo insensível a mais de 270 mil mortes por Covid-19 no país.

Acreditamos, sim, que essa luta é de todos nós. Portanto, todos os companheiros e companheiras que queiram se juntar em defesa da Petrobras e dos nossos direitos, contra a atual gestão da Petrobrás e também do governo Bolsonaro, são bem-vindos. Entendemos ser necessária essa unidade, porém a FNP não pode ter ações contraditórias num momento tão difícil, permanecer no palanque. Esta união deve ser verdadeira onde o objetivo seja sempre, o melhor para a nossa categoria, assim como a FUP se pautou ao longo da sua trajetória de luta por uma Petrobras 100% estatal, a serviço do povo brasileiro. Sigamos juntos que a luta é nossa!

Defender a Petrobras, é defender o Brasil.

Jairo Batista
Coordenador Geral
SINDIPETRO BAHIA

Publicado em Sistema Petrobrás

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.