Trabalhadores da Perbras e Sindipetro BA conquistam ACT após greve

Terça, 09 Março 2021 16:45

Após impasse nas negociações do ACT dos 200 trabalhadores da Perbras do contrato de manutenção de poços e estações, o Sindipetro Bahia convocou assembleia, para aprovação da greve pelos trabalhadores.

O processo de negociação estava em curso há quase cinco meses e até o momento a empresa não tinha apresentado nenhuma proposta satisfatória. Sendo assim, a paralisação por melhorias no Acordo Coletivo 2019/20 (data base em setembro) teve início na quinta-feira, 4/03, e se estendeu por três dias. No sábado, a empresa cedeu aos trabalhadores e apresentou nova proposta, que foi submetida pelo Sindipetro Bahia à assembleia, sendo aprovada por unanimidade.

A proposta conquistada pelos trabalhadores garante o reajuste salarial de 2% retroativo a setembro, 14% no ticket alimentação retroativo, pagamento de horas extras pendentes, pagamento de descanso semanal remunerado pendente, pagamento das médias de horas extras referentes ao 13º pendentes, melhoria da alimentação fornecida pela empresa, abono salarial de R$400,00 para todos os trabalhadores.

Uma grande vitória da categoria e do sindicato. Pois a atual conjuntura não favorece o trabalhador que está tendo que arcar com todos os problemas administrativos que as empresas estão tendo devido à pandemia. A luta da categoria foi de extrema importância para a conquista deste Acordo Coletivo.

A Federação Única dos Petroleiros e o Sindipetro Bahia além de representarem os petroleiros do Sistema Petrobrás, também representam os trabalhadores de algumas empresas privadas de petróleo, como é o caso da PERBRAS -  empresa prestadora de serviços da Petrobrás, em Catu-BA

Federação Única dos Petroleiros 

Última modificação em Quarta, 10 Março 2021 12:25
Publicado em Setor Privado

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.