É neste domingo: Encontro Virtual de Mulheres Petroleiras da FUP

Sexta, 19 Junho 2020 15:31

Em tempos de pandemia, o 8º Encontro Nacional de Mulheres Petroleiras da FUP (ENMP) será inteiramente online, no domingo. Os debates serão transmitidos ao vivo, nas redes da FUP e dos sindicatos.

Com o tema “Petroleiras na linha de frente: pandemia, resistência e nossos próximos passos” o evento será dividido em duas partes. A primeira, aberta ao público, será realizada em forma de webinários, que serão transmitidos no Facebook (https://www.facebook.com/fupetroleiros/). Não será necessária a inscrição. Todxs poderão fazer perguntas via chat que serão selecionadas e respondidas ao final de cada apresentação.

Na segunda parte do encontro, que será de deliberações, as delegadas inscritas deverão ingressar na reunião via chave enviada pela comissão organizadora. Cada participante deve fazer a inscrição conforme orientação de seu sindicato.

Esta será a primeira vez que o ENMP acontece 100% online devido à quarentena e isolamento social da pandemia do coronavírus. A participação dos homens também é bem-vinda, porém o público-alvo são as mulheres petroleiras.

"O ENMP tem como objetivo organizar as trabalhadoras, traçando estratégias políticas de forma a enfrentar uma conjuntura cada vez mais reacionária, machista e ultraliberal. Todo ano, definimos uma comissão organizadora para planejar o encontro e escolhemos em conjunto um tema atual que julgamos pertinente ao momento político. Esse ano, não poderíamos deixar de falar de COVID-19 e da resistência necessária frente aos ataques ferozes deste governo à classe trabalhadora”, destaca Andressa Delbons, coordenadora do Coletivo Nacional de Mulheres Petroleiras da FUP. 

Andressa ressalta que o formato virtual não substitui a importância de um encontro presencial. "É claro que nenhum encontro virtual substitui plenamente o olho no olho, a troca de afeto e a energia de renovação que ocorre anualmente nos nossos encontros presenciais. Chegamos a cogitar postergar a realização do evento para um período de pós-pandemia, mas, infelizmente, a condução política dessa crise sanitária está nos levando para um horizonte de total indeterminação. Assim, não sabemos ao certo quando poderemos nos reunir presencialmente com segurança. Ao mesmo tempo, é imprescindível manter a organização permanente das mulheres, e da classe trabalhadora em geral, especialmente nos momentos de crise. Como diria Simone de Beauvoir: basta uma crise política, econômica e religiosa para que os direitos das mulheres sejam questionados. Precisamos estar atentas”. 

Ouça a convocatória: https://soundcloud.com/user-830660142/andressa-delbons-convida-para-8-encontro-nacional-de-mulheres-petroleiras


Confira a programação e os links para participar das lives:

8º Encontro nacional de mulheres petroleiras da FUP

Ao vivo via https://www.facebook.com/fupetroleiros/

09 - 10:30h

Petroleiras na linha de frente: resistência em tempos de pandemia 

Mesa de abertura com a participação de Deyvid Bacelar (FUP), Lucineide Varjão (CNQ), Carmem Foro (CUT) e Valéria Morato (CTB)

Facebook - https://www.facebook.com/fupetroleiros/videos/261442398290569/

Youtube - https://www.youtube.com/watch?v=pT1Lp653sQQ

11 - 12:30h

Entendendo a conjuntura do setor petróleo e o papel das mulheres no enfrentamento às políticas neoliberais 

Análise de conjuntura com a participação do DIEESE e INEEP

Facebook - https://www.facebook.com/fupetroleiros/videos/819945015503853/

Youtube - https://www.youtube.com/watch?v=WrlkaQ6hiFc

14 – 15:30h

Debate: As petroleiras estão onde elas quiserem!

Bate-papo com as pré-candidatas Priscilla Patrício e Conceição de Maria

Facebook - https://www.facebook.com/fupetroleiros/videos/1176764772716228/

Youtube - https://www.youtube.com/watch?v=M_4q9MQjXy8

16 às 19h

Nossos próximos passos: um bate papo com as mulheres petroleiras 

Reunião do Coletivo Nacional de Mulheres Petroleiras (somente para delegadas inscritas)

[FUP] 

Última modificação em Sexta, 19 Junho 2020 21:35

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram