Nota da Consulta Popular em defesa da greve dos petroleiros e em defesa da soberania nacional

Quinta, 13 Fevereiro 2020 17:55

Os trabalhadores e trabalhadoras da Petrobras encontram-se em greve nacional em mais de 90 unidades em 13 estados. A greve é um enfrentamento contra o fechamento, privatização e a entrega das refinarias, fábricas de fertilizantes, distribuidoras de combustíveis e unidades de produção de petróleo para o controle das empresas petroleiras estrangeiras.

Se esta política de destruição, e pilhagem estrangeira, não for derrotada trará como consequência ao povo que trabalha novos aumentos e explosão nos preços dos derivados do petróleo como gás de cozinha, gasolina, diesel, alimentos.

Depende da vitória da greve dos petroleiros para que as gigantescas reservas de petróleo em território brasileiro (pré-sal), que chega ao ranking de terceira maior reserva do mundo, não seja transferida para a ganância e controle das petroleiras internacionais.

Depende da vitória da greve dos petroleiros para que parte do lucro e da extraordinária riqueza ali gerada possa ser destinada para saúde, educação, empregos e direitos, como está garantido na Lei de Partilha do lucro do petróleo. Se esta lei for substituída pela lei de concessões, como exigem as petroleiras privadas, perderá o povo brasileiro.

Depende da vitória da greve dos petroleiros para que os milhares de trabalhadores ameaçados de demissão e para que os que já foram demitidos sigam com seus postos de trabalho.

A greve é uma luta de todos e todas.

É uma luta da classe trabalhadora contra o governo Bolsonaro e sua política de subordinação ao capital internacional que quer pilhar nossas riquezas e nosso patrimônio às custas da exploração sobre o povo brasileiro.

Parcelas do Judiciário já tem demonstrado a sua parcialidade na defesa da política do governo Bolsonaro quando tenta inviabilizar a greve em curso. A grande mídia tenta isolar e esconder o crescimento da greve.

Compreendemos, portanto, que é uma tarefa prioritária que as forças democráticas, populares e que defendem o Brasil, saiam em defesa e solidariedade da greve.

Precisamos que o povo saiba o que está em risco com essa política de desmanche da Petrobras. E que o conjunto da sociedade saiba que existem organizações que estão se levantando contra isso.

Depende da nossa solidariedade e do envolvimento direto dos trabalhadores e trabalhadores do campo e da cidade para aumentar a luta e conquistar a vitória da greve dos petroleiros.

Todo apoio à greve nacional dos petroleiros.

Em defesa da Soberania e dos Direitos.

Somos a Consulta Popular!
12 de fevereiro de 2020

Última modificação em Terça, 16 Junho 2020 18:10

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram