P-58 e TABR aderem à Greve Nacional dos Petroleiros

Terça, 11 Fevereiro 2020 13:55

Petroleiros responsáveis pela segunda maior produção de óleo, por dia, no Brasil, que trabalham na plataforma P-58, que opera no campo de Jubarte, no pré-sal da Bacia do Espírito Santo, entraram com todo gás na Greve Nacional dos Petroleiros, nesta terça-feira (11). A decisão veio após uma reunião, realizada junto com trabalhadores de outras plataformas e unidades da Petrobrás, nesta manhã.

Também entraram na manifestação nacional os petroleiros que atuam no Terminal Aquaviário de Barra do Riacho (TABR), em Aracruz. Além dessas unidades, as adesões no Espírito Santo ainda somam o Terminal Aquaviário de Vitória (TEVIT), a Unidade de tratamento de Gás de Cacimbas (UTGC), em Linhares, e a sede administrativa da Base 61, em São Mateus.

Nacional

Em todo o país, além do TABR e da P-58, mais quatro plataformas e o Terminal de São Caetano do Sul, em São Paulo, aderiram à greve da categoria. Já são 102 unidades do Sistema Petrobrás mobilizadas em 13 estados do país.

Em 11 dias de greve, os petroleiros seguem mobilizados em todo o país, cobrando a suspensão das demissões na Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados do Paraná (Fafen-PR), previstas para terem início na sexta-feira, 14, e o cumprimento do Acordo Coletivo de Trabalho.

[Sindipetro-ES]

Última modificação em Terça, 16 Junho 2020 18:49

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram