Rock´N Greve recarrega as energias da resistência na Fafen

Segunda, 10 Fevereiro 2020 20:32

Se liga nessa dica: quando precisar recarregar sua resistência, chame o rock´n roll. Foi isso que aconteceu no sábado (08), em frente a Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen-PR). 

O festival Rock´n Greve, organizado pelo Sindipetro PR e SC e Sindiquímica-PR, proporcionou às famílias que estão ocupadas em frente a Fafen-PR, aos petroleiros em greve, aos movimentos sociais, representantes sindicais, políticos e a comunidade de Araucária, um momento de diversão, protesto e união. 

A tarde ensolarada colaborou e a estrutura, com dois parques de diversões: um para os baixinhos, com brinquedos, bolas e videogame, e outro play para os adultos, com caixas de som, bateria, microfone, guitarra e baixo; recebeu muitos acordes e protestos. 

Além disso, um churras manteve o pessoal firme e forte para a maratona de bandas. Já que as apresentações começaram às 15h e vararam a noite. 

Foi como o presidente do Sindipetro PR e SC, Mário Dal Zot, disse: “um momento para recarregar as energias e continuar na resistência. Esse festival é importante para renovar nossa disposição, ao lado das famílias, dos militantes e da comunidade de Araucária”.   

Música e resistência 

Durante o festival, obviamente, o prato principal foram as bandas. A primeira apresentação ficou por conta da petroleira e trabalhadora da Repar, Simone Lucca. Com voz e violão, ela tocou clássicos do rock nacional. 

Depois, um coletivo do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) apresentou suas canções de resistência. Uma introdução perfeita para o que viria depois, a banda Sr.Barão, de Araucária, que apresentou repertório autoral de muito rock´n roll, protesto e energia. 

Logo em seguida foi a vez da banda Riste, de Curitiba, que faz um punk rock clássico, autoral, libertário e barulhento. Após um som mais agressivo, quem chegou foi a Balbúrdia Sonora, com seu blues engajado e que garantiu belas melodias de resistência. 

Já entrando à noite, foi a banda Caneco de Madeira que trouxe um pouco de rock clássico e funk, tanto internacional como nacional, alternando músicas próprias e covers. Na sequência, foi a vez da nova geração: a banda Cáusticos, que mesclou grunge e rock alternativo. 

No final, quem se apresentou foi a Buda Bong, banda autêntica e que mistura rap, rock´n roll, brasilidade e hardcore. Um desfecho perfeito, multicultural, que foi o objetivo do festival Rock´N Greve. 

:: Assista ao vídeo do Festival 

 
[Via Sindipetro-PR/SC]
Última modificação em Terça, 16 Junho 2020 18:52

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram