Em reunião com a Petrobrás, FUP reafirma pauta da categoria e nenhum direito a menos

Quinta, 21 Setembro 2017 19:31

Na reunião de negociação com a Petrobrás e suas subsidiárias na tarde desta quinta-feira, 21, a FUP reafirmou as pautas de reivindicações da categoria, cobrando a renovação do ACT por mais dois anos e reajuste das cláusulas econômicas. “Estamos abertos à negociação, mas não podemos aceitar os patamares que vocês colocaram, ao propor mudanças estruturais para o Acordo, que acabam com conquistas históricas e reduzem direitos”, declarou o coordenador da FUP, José Maria Rangel. “Quem quer paz, se prepara para a guerra”, provocou.

A reunião com a Petrobrás foi mais uma vez transmitida pela FUP em tempo real, através do Radar, plataforma online, onde publicamos minuto a minuto, o que se passa na mesa de negociação. Acesse aqui e saiba como foi, passo a passo, a reunião com a empresa.

Nesta sexta-feira, 22, a FUP e seus sindicatos reúnem-se no Conselho Deliberativo para discutirem a campanha e definirem os próximos passos a serem tomados pela categoria.

Em vídeo enviado aos petroleiros, o coordenador da FUP, José Maria Rangel, reafirma a necessidade de organização e luta dos petroleiros no enfrentamento ao demonte do ACT e do Sistema Petrobrás:

 

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram