I Encontro Nacional de Petroleiras Fupistas começa nesta sexta

Quinta, 04 Abril 2013 00:00

alt

FUP

O empoderamento da mulher petroleira no ambiente de trabalho, nos sindicatos, organizações públicas e demais esferas da sociedade organizada é um dos temas que serão abordados no I Encontro Nacional de Petroleiras Fupistas, que acontecerá entre os dias 05 e 07 de abril, no Rio de Janeiro. Organizado pelo Coletivo Nacional de Mulheres Petroleiras, em conjunto com a FUP e seus sindicatos,  o evento tem como tema "Lugar de mulher é onde ela quiser! E ela quer estar em todos os lugares!" . O Encontro será fundamental para ampliar a organização da mulher petroleira e fortalecer o enfrentamento aos assédios moral e sexual, entre outras bandeiras de luta e reivindicações específicas do universo feminino. 

O evento reunirá trabalhadoras de todas as bases representativas da FUP e também daquelas onde há atuação das oposições reconhecidas. Durante o Encontro Nacional, será aprovado o regimento interno do Coletivo Nacional de Mulheres Petroleiras e também eleito o seu colegiado de representantes. O Coletivo foi criado no ano passado durante a III Plenafup e é resultado dos encontros regionais de mulheres petroleiras.

A idéia ganhou força nos debates que aconteceram no início de 2012 em São Paulo e na Bahia e se solidificou no meio do ano, com a Plenária Nacional da FUP. De lá para cá, outros coletivos regionais de mulheres petroleiras voltaram a se encontrar no Rio Grande do Norte e na Região Sul do país. Na semana passada, mais uma reunião do Coletivo de São Paulo. "Precisamos unificar as lutas das mulheres por melhores condições de trabalho, trazendo os debates regionais para o âmbito nacional, com troca de ideias e de experiências", destaca Marbe Cristina Noguerino, diretora do Sindipetro Unificado-SP e uma das lideranças do Coletivo Nacional de Mulheres Petroleiras

Confira a programação:

DIA 05/04/2013:

17h – Início do credenciamento

20h – Abertura Oficial do 1º Encontro Nacional das Petroleiras FUPistas

Mesa de Abertura com a presença das representantes da CUT Nacional, Rosane Silva; da CTB Nacional, Raimunda Gomes (Doquinha); da CNQ, Rosemeire Theodoro; da CUT/RJ Virgínia Berriel; da FUP, João Antonio Moraes.

DIA 06/04/2013:

09h às 10h30m – Mesa “As mulheres no mundo do trabalho, na vida pública e privada”, com  Rosane (CUT), Doquinha (CTB) e Rosemeire Theodoro (CNQ).

10h30m às 10h45m – Cofee Break

10h45m às 12h – Debates e abertura para questões e posicionamentos da plenária e considerações finais das participantes.

12h às 13h30m – Almoço

13h30m às 14h – Atividade de Vivência com a participação da Plenária

14h às 16h30m – Mesa "Assédios sexual, moral e violência contra as mulheres nos ambientes de trabalho e na sociedade", Dra. Cláudia Reina, da 22ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro, Simone Baia (Diretora da Mulher da FISENGE), Dra. Tirza Coelho de Souza, da D’Avila, Coelho & Sodré Advogados Associados e Virgínia Berriel (CUT/RJ).

16h30m às 16h45m – Cofee Break

16h45m às 18h – Debates e abertura para questões e posicionamentos da plenária e considerações finais das participantes.

DIA 07/04/2013:

9h às 10h30m – Aprovação do Regimento Interno e coordenação do Coletivo Nacional de Mulheres.

10h30m às 10h45m – Cofee Break

10h45 às 13h – Debates para elaboração de clausulas para inclusão na Pauta do Acordo Coletivo 2013/2015, Bandeiras e Eixos principais e Resoluções das mulheres petroleiras, formatando nossa plataforma de lutas, com mediação da assessora econômica da CNQ/CUT, Marilane Teixeira.

Após 13h – Almoço e saída para os locais de origem.

 

 

 

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.