Sindipetro cobra do RH da Refap respostas para problemas de efetivo e SMS

Segunda, 30 Novembro 2020 15:56

O Sindipetro-RS protocolou no último dia 13, um ofício junto ao RH da Refap, cobrando a questão do efetivo e a segurança dos trabalhadores.

Desde agosto o Sindicato vem questionando sobre a reposição das pessoas que estão saindo no PIDV. O RH segue sem apresentar um plano de reposição.

Outras questões também foram levantadas, como "qual o número mínimo previsto para cada um dos setores da operação na Refap e qual o quantitativo de pessoas estão em atividade, nos setores operacionais, neste momento?"; "Com as saídas programadas até o final de 2020 qual será a situação a partir de janeiro de 2021?" e "quantos, de onde, quais e, a partir de quando, trabalhadores serão transferidos de outras bases da Petrobrás para a Refap, de forma a operar de acordo com o O&M vigente, apresentado ao MPT e a Justiça, que segundo a empresa considera de forma segura, adequada e operacionalmente correta?"

Estamos no aguardo das respostas.

A íntegra do ofício está aqui

[Via Sindipetro-RS]

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.