XVI Congrenf encerra com compromisso da categoria em seguir na resistência

Segunda, 06 Julho 2020 18:37

[Da imprensa do Sindipetro-NF]

Cerca de 220 petroleiros e petroleiras, da ativa e aposentados participaram do XVI Congrenf – Congresso Regional dos Petroleiros e Petroleiras do Norte Fluminense que encerrou na sexta, 3 de julho. Por conta da pandemia, o Congresso foi todo realizado de forma virtual através de uma plataforma específica para congressos, inovando no formato de eventos realizados pelo sindicato até o momento.

Considerado como o evento mais importante da categoria petroleira do Norte Fluminense, o XVI Congrenf trouxe discussões como o crescimento do fascismo no mundo, a unificação da esquerda, a precarização do trabalho na era informacional, a luta de classes, a participação feminina na política, a reintegração da Petrobras e o seu papel na retomada da economia brasileira pós Covid-19.

Durante uma semana os delegados e delegadas do Congrenf assistiram três palestras fechadas por dia, atividades abertas no youtube e participaram de debates através de grupos no Whatsapp.  No dia 1 de julho aconteceu um bate-papo de Maria Frô e Tadeu Porto com Paulo Lima, o Galo, motoboy antifascista, Rodrigo Rodrigues, professor de história e atual presidente da CUT-DF e Fausto Augusto Júnior, diretor técnico do Dieese sobre a precarização do trabalho na Era Informacional e a organização destes trabalhadores em sua primeira greve nacional, que aconteceu no mesmo dia.

No último dia, o resultado dos grupos foi apresentado e referendado na plenária.  Também foram definidas as bandeiras de lutas que serão encaminhadas e eleitos os delegados e delegadas ao congresso da FUP (CONFUP), que acontece de 15 a 19 de julho, também de forma virtual e tem como tema  “Democracia, Emprego e Revolução Digital”.

“Agradecemos a participação de todos e todas com a certeza de termos oferecido discussões de alto nível e relevância para a classe trabalhadora e para o avanço do país!” – disse o Coordenador do Sindipetro-NF, Tezeu Bezerra.

Assista tudo o que rolou durante a semana: https://bit.ly/2NK89rH

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram