Confira a programação do Congresso Virtual dos Petroleiros do ES

Quinta, 25 Junho 2020 13:15

O Sindipetro-ES realiza, nesta sexta-feira (26) e sábado (27), o Congresso Virtual Petroleiros do Espírito Santo, de 2020. Neste ano, o tema será “Resistência e Democracia em Tempos de Pandemia”. As atividades serão todas on-line, com ajuda das redes sociais do sindicato e em salas de reunião da plataforma Meet. Confira abaixo a programação atualizada com as novidades.

Inscrições abertas: https://bit.ly/3ee5WR3, sendo obrigatório se inscrever para poder participar das atividades de sábado (27).

Na sexta (26), a mesa de abertura “Crise política e sanitária” está prevista para acontecer entre 18h30 e 21h, com transmissão ao vivo pelos canais do sindicato no Facebook: @SindipetroES e no Youtube: Sindipetro ES. Acompanhe nossas redes e participe dos debates.

Já no sábado (27), teremos dois momentos de debate, com os dois espaços acontecendo em sala de reunião fechada, via Meet. Pela manhã, entre 9h e 11h30, vamos falar sobre “Acordo Coletivo de Trabalho” e “Crise trabalhista”.

No período da tarde, entre 14h e 16h, encerramos as mesas de discussão com o tema: “Importância do sindicalismo”.
O momento final do Congresso terá um espaço para as pautas reivindicatórias da categoria, seguido da eleição da delegação para o congresso da FUP.

Confira nossa programação!
Sexta-feira, 26/06/2020
18.30 – Abertura oficial do Congresso Estadual dos Petroleiros (moderador)
18.35 – Aprovação do Regimento Interno (moderador)
Falas de abertura
19.05 – Valnísio Hoffmann (Sindipetro-ES)
19.15 – Patrícia Gonçalves (Sindipetro-ES e CUT)
19.25 – Deyvid Bacelar (FUP)
19.35 – Clemildes Cortes Pereira (CUT)
19.45 – Jones Manoel – Desgoverno autoritário e fascista, impactos da flexibilização da quarentena e como se preparar para o “novo normal”.
20.30 – Debate.

[Via Sindipetro-ES]

Última modificação em Quarta, 01 Julho 2020 18:57

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram