Gestão da Recap tenta impedir conversa do Sindicato com trabalhadores

Sexta, 13 Dezembro 2019 16:27

Como é comum ocorrer, na tarde da quinta-feira, 12, dirigentes do Sindicato estavam no estacionamento da Recap conversando com os trabalhadores sobre a tabela de turno e outras questões pertinentes ao trabalho na refinaria. De repente, de maneira absolutamente arbitrária, a segurança da empresa chamou a polícia como se uma grande revolta estivesse para acontecer. Essa tentativa de impedir que o Sindicato conversasse com os trabalhadores também já tinha ocorrido um dia antes, mas de maneira menos truculenta.

Quando chegaram ao local, os policiais encontraram trabalhadores conversando normalmente, de maneira tranquila, como sempre fizeram. A presença policial, no entanto, causou espanto nos que ali estavam. “Foi uma atitude desnecessária por parte da empresa, os policiais perceberam que nada de anormal estava acontecendo, foram respeitosos o tempo todo e aguardaram o final da setorial para conversar conosco”, relatou o coordenador do Unificado, Juliano Deptula. No entanto, os PMs registraram um boletim de ocorrência.

No dia seguinte estava programada outra setorial e o Sindicato ficou atento para novo ato arbitrário por parte da gestão, mas, talvez percebendo o exagero da tarde anterior, desta vez a segurança optou pela conversa e foi dito que será agendada uma reunião específica sobre o assunto. “Um aspecto positivo foi o posicionamento do pessoal do turno, que ficou ao lado da direção do sindicato o tempo todo, inclusive não queriam entrar na refinaria antes que a polícia deixasse o local”, informou o diretor Auzélio Alves.

[Via Sindipetro Unificado-SP]

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram