Na Fafen-PR, demissões assombram mais que fantasmas

Sexta, 13 Dezembro 2019 15:26

Há algo em Araucária que gera mais medo que uma fantasmagórica história de terror: a realidade brasileira e o desmonte do Sistema Petrobrás

Vai dizer, tem algo mais assustador para os trabalhadores que a demissão? Não responda agora, pois é melhor você convocar seu “eu” engajado e formar unidade com seus parceiros de trabalho.

Na Araucária Nitrogenados S.A. (Ansa/Fafen-PR), por exemplo, as histórias de Stephen King não passam de roteiro infantil. Afinal, são aproximadamente mil trabalhadores (cerca de 400 diretos e 600 indiretos) convivendo diariamente com o fantasma da privatização.

Para o diretor do Sindiquímica-PR Santiago da Silva Santos, há muito em jogo:

“A Araucária Nitrogenados faz parte da cadeia responsável pela soberania do nosso país. Ela desenvolve regionalmente nossa economia, gera emprego e arrecadação de impostos, tanto para Araucária quanto para o Paraná”, explica Santiago.

Brasil

Atualmente, mais de 128 mil funcionários de estatais correm risco de demissão, principalmente porque os fantasmas da privataria retornaram das profundezas mais obscuras com uma agenda ultraliberal afiada e entreguista.

Essa agenda já assombra 16 estatais. O pior de tudo é que a maioria dos concursados podem perder sua estabilidade. São as vítimas da política de desinvestimento aplicada pela dupla, afinada com o mercado financeiro e desafinada aos interesses do povo brasileiro, Bolsonaro e Paulo Guedes.

Essa dupla ecoa com orgulho o desmonte do Sistema Petrobrás, uma tragédia que pode fazer o Paraná perder 7% do seu PIB, além de aproximadamente R$ 2 bilhões por ano em arrecadação de impostos. Araucária pode deixar de existir sem a empresa.

É assustador, não é?

E esse monstro privatista, cheio de tentáculos, mira também os Correios, a Telebrás, a Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF), Porto de Santos (Codesp), Serpro, Dataprev, Empresa Gestora de Ativos, Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada e Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo, a Eletrobras, a Casa da Moeda, a Ceasaminas, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos, Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre, Porto de São Sebastião e Porto do Espírito Santo.

Esses são os fantasmas que estão por aí. Assombram de todos os lados. Por isso é melhor unir forças agora, contra a privatização, até porque aquele papo de cruz, alho e bala de prata, é coisa de filminho, um PDV assusta muito mais.

[Via Sindiquímica-PR]

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram