Ato na quarta, 2, em defesa da permanência da Petrobrás no RN

Segunda, 30 Setembro 2019 17:08

Na manhã da próxima quarta-feira, 2 de outubro, véspera de feriado no RN, o SINDIPETRO promoverá um grande abraço à sede administrativa da Petrobrás, na Cidade da Esperança, em Natal. Além de celebrar o aniversário de 66 anos da empresa, criada pela Lei nº. 2004, em 3 de outubro de 1953, o evento pretende mobilizar para uma manifestação em defesa da permanência da Petrobrás em solo potiguar.

Conforme intenção já revelada pelo presidente da Petrobrás, Roberto Castello Branco, “a companhia deverá se transformar, até 2022, numa empresa do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo”. Isto significa a saída da empresa de todas as atividades de exploração, produção e refino de petróleo e gás natural no Rio Grande do Norte, e em diversos outros Estados, acarretando graves prejuízos econômicos e sociais, principalmente na Região Nordeste.

Há duas semanas, por ocasião da reunião de governadores de estados nordestinos, realizada em Natal, a Direção do Sindicato, acompanhada da FUP, entregou Carta Aberta em que apela aos chefes de Executivos Estaduais para que analisem “a possibilidade de concertação de uma ação conjunta, destinada a questionar a decisão da atual cúpula da Petrobrás”.

Em resposta publicada na Carta de Natal, os governadores “manifestam sua profunda preocupação com os atuais sinais de drástica redução da presença da Petrobrás na região, tendo em vista o alto impacto da estatal na geração de emprego e renda, no desenvolvimento regional, cultural e socioambiental de nossas sub-regiões e cidades”, bem como, sua disposição em “dialogar na busca de alternativas que garantam a manutenção e expansão das atividades da Petrobrás em nossos estados”.

Agosto/2020

De acordo com o jornal norte-rio-grandense “Tribuna do Norte”, em nota publicada neste domingo, 29, a Petrobrás já fixou data para encerrar as suas atividades no RN. “O escritório de Natal será fechado em agosto do próximo ano”, informa o veículo, complementado que, “embora o assunto esteja sendo tratado com reservas, alguns servidores já estão sendo transferidos, a partir de dezembro, para outras unidades da empresa, a maioria para o Rio de Janeiro”.

[Via Sindipetro-RN]

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram