Contrato irregular no transporte do HA pode colocar vidas em risco

Segunda, 23 Setembro 2019 15:09

Nesta segunda-feira, 23, os trabalhadores do horário administrativo da REDUC, TECAM e UTE-GLB terão um novo transporte, sai a Real Brasil e entra a JSL. Esta prestação de serviço já chama atenção antes mesmo de começar. A gerência responsável pela renovação do contrato teve dificuldades na obtenção da licença que permite a liberação dos ônibus da empresa JSL junto aos órgãos fiscalizadores, como o DETRO. Por conta disso, utilizarão vans e táxis (com lotação máxima de 3 passageiros por veículo) nos itinerários normais das linhas do HA que são atendidas por ônibus e micro-ônibus. Segundo informações, os gestores acreditam que este inconveniente será apenas na chegada à REDUC nesta segunda-feira, acreditando que a saída do HA será normal com os novos ônibus da empresa JSL.

Como uma empresa que ainda não está regularizada pelos órgãos fiscalizadores estaduais e federais pode ter contrato com a Petrobrás? Este contrato obscuro pode colocar a vida dos trabalhadores em risco em nome do corte de custo a moda Paulo Guedes, onde a saúde e a vida fica em segundo plano. A direção do Sindipetro Caxias junto ao jurídico checará se realmente existem irregularidades contratuais.

Devido à violência urbana em grande escala no Rio de Janeiro e em todo Brasil os trabalhadores das fábricas da Petrobrás estão em perigo. As mudanças no transporte de micro-ônibus para vans no regime de turno na REDUC, só neste ano, já relataram três ocorrências de assaltos. Na Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, o veículo foi metralhado atingindo um turneiro no braço de raspão. Por sorte, ninguém morreu.

A gerência da refinaria terá que dar explicações ao Sindicato sobre esta renovação contratual, além disso será cobrado que a empresa não puna nenhum trabalhador com codificações de atraso em suas frequências diante dos problemas gerados pelos próprios gestores.

Os trabalhadores que observarem qualquer tipo de irregularidade, devem enviar mensagem ao Whatsapp do sindicato (21) 99663-9953 e denunciar as dificuldades provocadas pela mudança no transporte por culpa da desorganização gerencial.

Seguem os telefones do setor de transporte da REDUC: 2677 – 4094 / 2342.

Via Sindipetro Caxias

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram