Na reta-final das consultas, petroleiros norte-rio-grandenses continuam rechaçando contraproposta de ACT da Petrobrás

Terça, 27 Agosto 2019 17:42

Nas primeiras horas da manhã desta terça-feira, 27, trabalhadores e trabalhadoras da Petrobrás lotados no ATIVO MAR, reunidos no pré-embarque, decidiram rejeitar, com 89,5% dos votos dos participantes, a terceira contraproposta de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) apresentada pela Companhia.

A sessão foi realizada em Natal, em frente à sede da empresa, e também aprovou, por ampla maioria, os indicativos de manutenção da negociação coletiva nos pontos divergentes; de prorrogação dos efeitos do ACT atual enquanto houver negociação; e de deflagração de greve, caso a empresa decida retirar algum direito durante o processo negocial.

Com os resultados desta terça-feira, faltando realizar cinco sessões deliberativas, a contraproposta rebaixada de ACT apresentada pela Direção da Petrobrás já acumula 76,6% de rejeição. Já, a proposta de deflagração de greve, em caso de descumprimento do ACT, tem o apoio de 64,7% dos trabalhadores e trabalhadoras consultados.

Reta-final

Com encerramento previsto para a próxima sexta-feira, 30, o calendário de sessões deliberativas destinadas a apreciar a contraproposta de Acordo Coletivo de Trabalho apresentada pela Petrobrás, já promoveu 11 consultas, reunindo cerca de 1.000 participantes, em áreas administrativas e operacionais.

Nesta quarta-feira, 28, e quinta-feira, 29, serão realizadas sessões especiais nas cidades de Assú, Mossoró e Natal, reunindo trabalhadores e trabalhadoras da ativa que se encontrarem de férias ou de folga, além de aposentados. Trabalhadores do Polo Guamaré e da Transpetro Macaíba também têm assembleias previstas nos próximos dias.

[Via Sindipetro-RN]

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram