Primeira reunião da Caravana da Informação lota auditório do Sindipetro Bahia

Quinta, 18 Julho 2019 15:06

Centenas de aposentados e pensionistas compareceram na manhã dessa terça-feira, 17/07, à sede do Sindipetro Bahia para participar da primeira reunião da Caravana da Informação, que vai percorrer ainda diversos bairros de Salvador e cidades do interior do estado.

Nas reuniões, o Conselheiro Deliberativo eleito da Petros, Paulo César Martim (PC), está esclarecendo as dúvidas dos assistidos (aposentados e pensionistas) sobre diversos assuntos e informando as ações jurídicas que estão sendo executadas pelo Sindipetro Bahia contra a volta da cobrança do equacionamento do Plano Petros 1, sobre os riscos do PP3 e sobre a nova proposta do GT da Petros que livrará a categoria desse equacionamento.

Na primeira reunião, bastante concorrida, o Conselheiro esclareceu sobre as principais causas dos déficits do PP-1, que “praticamente existe desde a fundação do Plano, o que fez, desde então, com que a conta viesse sendo paga pelas futuras gerações”. Ele também falou sobre a tábua de mortalidade, que não sofreu mudanças durante 30 anos.

PC alertou ainda sobre as armadilhas do PP3. “Quem optar pela migração de olho no saque de 15% do total do benefício, precisa fazer a conta de quanto vai perder mês a mês, explica. “É como se a pessoa tivesse pedido um empréstimo a juros para o resto da vida”.

Além disso, continua Paulo César, “é importante saber que ao migrar para o PP3, os assistidos e participantes terão os equacionamentos – o atual e o futuro – descontados à vista.

Outro problema desse Plano pode ser detectado quando se divide a reserva individual de migração pela expectativa de vida e é constatada, todo ano, a redução do beneficio, devido à redução do saldo da conta dessa reserva individual de migração.

O Conselheiro informou ainda que o GT PETROS recomendou a Petros que as propostas do GT Petros sejam comunicadas aos assistidos e participantes simultaneamente e da mesma forma que vem sendo feito com o PP3, incluindo a disponibilização de simulador para que o participante e assistido saiba como ficará seu benefício, caso faça adesão à proposta do GT-Petros

Clique aqui e veja o calendário da Caravana da Informação e participe das reuniões.

[Via Sindipetro Bahia]

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram