Vazamento de óleo atinge praias da Região dos Lagos

Terça, 09 Abril 2019 14:33

A Agência Brasil publicou hoje, 5 de abril, que uma mancha de óleo de procedência desconhecida atingiu nesta semana praias da Região dos Lagos, no Rio de Janeiro. Além de afetar a atividade pesqueira da região, o vazamento já atingiu municípios como Arraial do Cabo e Búzios.

O Sindipetro-NF foi informado pelo SMS da UO-BC, que confirmou o vazamento de pequenos volumes de óleo e está acompanhando o caso. Segundo a empresa, o Ibama notificou a Petrobras para fazer a coleta e análise do óleo, além da limpeza das praias, por conta disso a Petrobrás está desde ontem, 4,  com uma equipe limpando as praias.

Segundo publicado pela Agencia Brasil, a prefeitura de Arraial do Cabo, as autoridades municipais estão se reunindo, desde a última quarta-feira (3), com o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturias Renováveis (Ibama) e a Marinha.

A Secretaria Municipal do Ambiente de Arraial do Cabo trabalha com a hipótese de que o óleo seja proveniente de alguma plataforma móvel de produção de petróleo, que operou ou está operando nas proximidades da região. Entretanto, as primeiras análises da Petrobras apontam para um óleo antigo, que não vazou recentemente, mas que provavelmente é de Marlim Leste (UO-RIO). Por conta disso, a UO-Rio está assumindo a contingência, e instaurou uma comissão de investigação. Também entrou em contato com as unidades para verificar se ocorreu algum vazamento nos últimos dias.

De acordo com a prefeitura de Arraial, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis já foi notificada. O Ibama está analisando amostras do óleo. Garis estão fazendo a limpeza das praias atingidas.

[Via Sindipetro-NF, com informações da Agência Brasil]

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram