Veja o quadro parcial da greve na Bacia de Campos

Quarta, 30 Maio 2018 11:43
Avalie este item
(0 votos)

Os petroleiros da Bacia de Campos estão aderindo a Greve Nacional de Advertência..

Nas primeiras horas desta quarta-feira, 30, o Sindipetro-NF informa um quadro parcial com 21 plataformas aderindo ao movimento. Destas, seis estão totalmente paralisadas.

Um novo quadro será atualizado no período da tarde.

Diretores do Sindipetro-NF estão nos aeroportos orientando aos trabalhadores, que iriam embarcar, a aderir a greve. Na base da Petrobras de Imboassica (Parque de Tubos), diretores realizaram um ato com os trabalhadores do administrativo, que durou até às 10h30.

No final da tarde desta quarta-feira, 30, a diretoria do NF irá se reunir para fazer uma avaliação  geral do movimento.

Sobre a greve - Os petroleiros da Bacia de Campos estão dentro da Greve Nacional dos Petroleiros. O movimento iniciado à meia noite desta quarta-feira, 30, seguirá até às 23h59 de sexta-feira, 01 de junho.  

Os petroleiros exigem a redução dos preços do gás de cozinha e dos combustíveis, a manutenção dos empregos e retomada da produção interna de combustíveis; O fim da importação da gasolina e outros derivados de petróleo; E o fim da privatização e desmonte do Sistema Petrobrás e a demissão do Pedro Parente da Presidência da Petrobrás.

A escalada dos preços dos combustíveis a níveis jamais vistos no país é consequência do desmonte feito pelo atual presidente da Petrobrás, Pedro Parente, ao administrar a empresa para atender aos interesses do mercado, sem qualquer compromisso com a população e o Estado brasileiro. Por isso, os petroleiros exigem sua saída imediata do comando da petrolífera.

[Via Sindipetro-NF]

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram