Bacia de Campos tem vôos suspensos e há risco de falta de alimentos nas plataformas

Quinta, 24 Maio 2018 17:04
Avalie este item
(0 votos)

O coordenador geral do Sindipetro-NF, Tezeu Bezerra, alerta em vídeo divulgado nesta tarde (aqui) que há risco de falta de alimentos e outros insumos nas plataformas da Bacia de Campos, em razão da greve dos caminhoneiros.

O sindicato orienta a categoria a informar as condições de habitabilidade nas unidades e, caso haja risco aos trabalhadores, a entidade exigirá da Petrobrás o desembarque imediato.

Nesta tarde, o aeroporto Bartolomeu Lisandro, em Campos dos Goytacazes, está sem combustível. No Heliporto do Farol, o combustível estocado é suficiente para voos até o próximo sábado, 26. Nos aeroportos de Macaé e de Cabo Frio, o combustível disponível é suficiente para voos apenas até amanhã, 25.

Para Bezerra, o País enfrenta hoje o resultado de uma política nociva do atual governo e do presidente da Petrobrás, Pedro Parente, que atende aos interesses do mercado, em prejuízo da população e dos interesses estratégicos do Brasil.

"O aumento [nos preços dos combustíveis] que tivemos nos últimos dois anos foi maior do que os que tivemos nos 13 anos anteriores", afirma o sindicalista.

[Via Sindipetro-NF]

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram