Sindipetro-BA alerta: aposentado deve tomar cuidado para não ficar de fora da ação do sindicato que questiona o equacionamento

Quarta, 07 Março 2018 15:49
Avalie este item
(0 votos)

Diversos aposentados estão ligando para o Sindipetro Bahia preocupados com o equacionamento do Plano Petros 1. Conforme disposto na Constituição Federal, apenas o Sindicato representa toda a categoria e, se valendo dessa prerrogativa já ajuizou uma Ação Civil Pública, que tem o poder de produzir efeito a toda categoria representada sem resultar em qualquer custo aos aposentados.

Na Ação Civil Pública, o sindicato questiona o equacionamento apresentado pela Petros e está aguardando a decisão do pedido liminar, contudo, o Sindipetro chama a atenção para os riscos dos atrativos que terceiros estão propondo para que nossos associados ajuízem outras ações, em regra, com pagamentos de custas e honorários advogatícios.

Vale ressaltar que, caso o aposentado opte por este outro caminho estará automaticamente excluído da ação patrocinada pelo Sindipetro. Para que nãos sejam prejudicados de nenhuma forma, aconselhamos que aguardem a decisão da Ação Civil Pública, movida pelo Sindipetro Bahia e as orientações da direção do sindicato.

[Via Sindipetro-BA]

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram