Sindicato repudia tentativa de rebaixamento das condições de trabalho

Terça, 27 Fevereiro 2018 18:35

Nas primeiras horas da manhã desta terça-feira, 27, trabalhadores e trabalhadoras da Petrobrás escalados para o embarque ao Ativo Industrial de Guamaré foram surpreendidos com uma decisão digna de revolta. O ônibus que costumeiramente faz o transporte dos empregados até àquela unidade foi substituído por um micro-ônibus, sem qualquer notificação prévia aos trabalhadores ou ao Sindicato.

Além de ser extremamente desconfortável, desgastando desnecessariamente trabalhadores e trabalhadoras que assumirão jornadas de turno logo após o desembarque, o veículo é vulnerável, aumentando os riscos à integridade física dos que nele são transportados. O sentimento de indignação da categoria é grande porque, segundo apurou o Sindicato, a medida da Petrobrás visa exclusivamente fazer “economia”.

O SINDIPETRO-RN repudia veementemente esta decisão, que é praticamente inócua, do ponto de vista econômico, mas que pode gerar graves prejuízos à Companhia, uma vez que se trata de claro rebaixamento das condições que envolvem o exercício da atividade profissional. O SINDIPETRO-RN informa, ainda, que não irá tolerar a efetivação dessa mudança e, tão pouco, a extensão da medida para outras áreas.

Por último, estranhando que medidas dessa natureza sejam tomadas de forma intempestiva, mesmo na conjuntura de retrocessos que tem caracterizado a gestão atual da Petrobrás, a Diretoria do Sindicato exige uma reunião, a ser realizada em caráter urgente, com a Gerência Geral da UO, a fim de que a medida seja imediatamente revogada.

Natal (RN), 27 de fevereiro de 2018

Diretoria Colegiada do SINDIPETRO-RN

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram