No Espírito Santo, greve também teve adesão total na UTGC e TNC

Quarta, 04 Novembro 2015 17:07

                                                                               No início da noite de domingo, dia 1° de novembro, o Sindipetro ES Regional Norte Capixaba, com apoio do MST e do MPA, iniciou a greve na UTGC, em Linhares. Uma marcha saiu do trevo de acesso à unidade e foi até o portão principal da Unidade. Houve adesão total dos petroleiros e petroleiras que não fizeram a rendição do pessoal do turno das 19 horas.

O movimento grevista é em repúdio às medidas privatistas do Plano de Negócios e Gestão da Petrobrás para o período de 2015/2019. Na UTGC os operadores entregaram a unidade para a supervisão.

GREVE AVANÇA

No início da noite desta segunda-feira, dia 02, e na manhã de terça-feira, 03, o movimento teve adesão total no Terminal Norte Capixaba. A operação foi entregue ao gerente e supervisores. A greve continuará avançando nos próximos dias para outras unidades como Base 61, FAL e SM 8.

A greve é por tempo indeterminado. Os trabalhadores do Sistema Petrobrás não admitem a retirada de nenhum direito adquirido nos últimos anos e, reivindicam que a empresa implemente novas práticas de SMS que prezem efetivamente pela vida dos trabalhadores, já que só no ano de 2015, dezenove empregados morreram em consequência de acidentes fatais na companhia.

Além disso, a greve dos petroleiros é motivada pela luta contra o desmonte da estatal, que em seu plano de negócios, também prevê a venda de diversos ativos da empresa e a previsão de vinte mil demissões.

Os petroleiros permanecerão em greve por tempo indeterminado em todas as refinarias, terminais plataformas, campos terrestres e demais unidades operacionais das bases da FUP.

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram