Trabalhadores da P-19 denunciam assédio de GPLAT e pedem seu afastamento por abaixo assinado

Sexta, 16 Outubro 2015 17:11

Do Boletim Nascente

O Sindipetro-NF recebeu dos trabalhadores da plataforma P-19 um abaixo assinado pedindo o afastamento de um dos geplats (gerente de plataforma) da unidade. O mesmo documento também é direcionado à FUP e à gerência de governança, risco e conformidades da Petrobrás.

Os trabalhadores relatam, também por e-mail ao sindicato e em contatos com os diretores da entidade, as ocorrências de inúmeros casos de assédio moral praticados pelo gerente.

De acordo com os petroleiros, o gerente "vem causando extremo desconforto, apreensão e intranquilidade emocional aos trabalhadores que aqui prestam serviço, praticando ações que vão totalmente de encontro às boas práticas constantes nos códigos de ética e conduta da Petrobrás, faltando com respeito pessoal e profissional aos trabalhadores próprios e privados", afirma o documento.

Com base em relatos anteriores, o sindicato mantém denúncia sobre o caso na ouvidoria da Petrobrás e no Ministério do Trabalho. Medidas jurídicas também estão sendo avaliadas.

O sindicato lembra que, especialmente neste momento que antecede a um movimento grevista, aumentam os casos de abusos praticados por gerentes para coagir os trabalhadores — buscando chamar a atenção dos superiores, em busca de promoções por demonstrarem a severidade com que tratam os subordinados.

A entidade solicita à categoria que envie relatos sobre eventuais casos deste gerente ou de outros (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.), para que sejam tomadas medidas políticas e jurídicas.

Fonte: Sindipetro NF

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram