Na Bahia, Participantes elogiam iniciativa do curso sobre benzeno

Quinta, 08 Novembro 2012 10:11

Sindipetro BA

A avaliação dos participantes do curso sobre benzeno, iniciativa do Sindipetro Bahia, apoio FUP, Fundacentro\SP e CUT Bahia, encerrado nesta quarta (7), no Hotel Villa Mar, foi bastante positiva. Confira alguns depoimentos.

DEPOPIMENTOS

Marcos Marinho, coordenador do GTB da Rlam: avalia como louvável a iniciativa do Sindipetro Bahia, ao organizar um curso com especialistas que mostram uma visão imparcial e técnica do assunto.

José Adilson, vice-presidente da Cipa da Refinaria: lamentável foi o fato da gerência da Rlam não liberar os trabalhadores para acompanhar o curso, uma rara oportunidade para se adquirir conhecimento e ter mais segurança no trabalho.

Newton Siqueira, diretor do Sindiquímica e funcionário da Deten: os sindicatos precisam fazer o contraponto ao discurso patronal e não permitir quaisquer debates relacionados à tolerância ao benzeno, “porque ela será sempre zero”.

Jorge Barreto dos Santos\Rlam: o curso é um marco, pois nas empresas este tipo de iniciativa é , quando ocorre, é feito de maneira superficial, muito aquém do grau da complexidade que é a exposição do trabalhador ao benzeno.

Jairo Lima Santos, operador da empresa Limqui, terceirizada da Rlam: o curso foi produtivo, rico e bem organizado. Trabalho com limpeza de tanques e descontaminação, lido diariamente com produtos químicos perigosos e o curso me fez ficar mais atento para a segurança. Agora, me sinto apto a passar as informações para os meus colegas que não puderam participar do curso.

Osmário Araújo, diretor do Sindiquímica: excelente o aproveitamento, passou um aprendizado que agora será disseminado nas bases.

O curso teve seu encerramento nesta quarta (7), às 13h, no Hotel Villa Mar e contou com a participação de petroleiros, petroquímicos, químicos, estudantes, dirigentes sindicais e terceirizados, assim como profissionais da área de saúde de empresas privadas e do munícipio. Ao final do curso, todos receberam certificados.

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram