Gerência da Segurança Patrimonial da Petrobrás revive tempos da ditadura

Segunda, 05 Novembro 2012 08:43


Sindipetro-BA

Fato escabroso e que nos remete aos tempos dos generais quando lidavam com o movimento sindical ocorreu na manhã da última quarta (31) no Campus da UFBa\Ondina - PAF II – com a expulsão dos diretores do Sindipetro Bahia, André Araújo e Souza Jr., da reunião entre a gerência do SSP\SPB e os Inspetores de Segurança lotados na Base Taquipe. Os dirigentes sindicais foram barrados pelo prepotente gerente.

Os abusos e o ranço autoritário de alguns gerentes não combinam com o tempo que vivemos nem com o diálogo que os dirigentes do Sindipetro Bahia e FUP mantém constantemente no Rio e São Paulo com a direção da Petrobrás e Petros, para citar dois exemplos.

No episódio envolvendo os diretores Araújo e Souza Jr. no PAF de Ondina, o fato se revela grave porque os dois estavam no local a convite dos trabalhadores e como representantes do sindicato. Ambos participariam das discussões dos problemas que ocorrem na UO-BA, onde é recorrente os roubos de armas e coletes, fato inclusive que será tratado na reunião da direção do Sindipetro com o secretário da Segurança Pública, Maurício Magalhães, nesta quarta (7\11).

O ego ditador do gerente se revelou por completo e num “surto de autoritarismo” ele impediu a presença dos dois dirigentes sindicais na sala.

Arauto da censura e “dono da verdade”, ele teve a audácia de propor a permanência de apenas um dos diretores e, mesmo assim, se ele aceitasse, apenas, assistir a reunião, sem se manifestar. Um absurdo.

Devido a esse comportamento, em total descompasso com o governo republicano que impera na Bahia e o que prevê o ACT da categoria, a direção do Sindipetro Bahia repudia essa atitude autoritária e retrógrada do gerente da Segurança Patrimonial.

O objetivo da presença dos dois Diretores do Sindipetro-BA, nessa reunião, era apenas para informar aos trabalhadores sobre a transferência do Diretor André Araújo, da Transpetro-Temadre, para a UO BA-Taquipe, e, pasmem, convidar a gerência da SSP para a reunião com o secretário da Segurança Pública.

Com esse comportamento, o gerente da SSP, além de revelar total desqualificação para o cargo que ocupa, tenta macular o bom trabalho que a Direção do Sindipetro Bahia faz e que continuará fazendo, com foco na melhoria das condições de trabalho da Segurança Patrimonial do Sistema Petrobras na Bahia.

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram