Ato em Campinas marcará 30 anos da greve de 1983

Sexta, 05 Julho 2013 07:48

 

FUP

O Sindipetro Unificado SP realiza neste sábado, dia 06, um ato político em sua regional Campinas para marcar os 30 anos da greve que os petroleiros da Replan e da Rlam realizaram em julho de 1983, desafiando a ditadura militar, em um enfretamento que resultou em 349 demissões. Os sindicatos de Campinas e Mataripe (BA) sofreram intervenção militar e as direções foram cassadas. A greve contou na época com a solidariedade dos metalúrgicos, químicos e bancários do ABC paulista e serviu de estopim para a primeira greve geral no Brasil, decretada no regime militar.

Um mês depois, foi criada a Central Única dos Trabalhadores (CUT). A greve de 83 foi fundamental para as lutas e organização da categoria petroleira. Daí a importância do ato realizado pelo Sindipetro Unificado SP e que contará com a presença de toda a diretoria da FUP e representantes de seus sindicatos.

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram