Plataformas da Bacia de Campos aprovam greve

Segunda, 14 Outubro 2013 14:53

Sindipetro-NF

Todos os indicativos do Sindipetro-NF, incluindo a greve por tempo indeterminado que pode iniciar a qualquer momento a partir de zero hora do dia 17 de outubro, estão sendo aprovados por ampla maioria. Os trabalhadores embarcados em 37 plataformas da Bacia de Campos já concluiram as assembleias. Os trabalhadores de Cabiúnas iniciarão as assembleias no dia 14 de outubro, às 23h e os trabalhadores das bases de terra farão assembleia no dia 17.

O sindicato vai divulgar orientações e perguntas e respostas. Categoria deve se manter atenta.

Essa greve será com parada de produção, entrega da plataforma e com pedido de desembarque pelos trabalhadores. A partir de zero hora do dia 17, a greve será deflagrada a qualquer momento na Bacia de Campos, quando o Sindipetro-NF convocar.

A FUP e seus sindicatos definiram pela realização da greve para que a Petrobrás apresente uma proposta decente aos petroleiros, para intensificar a luta pelo fundo garantidor para os trabalhadores terceirizados, pela derrota do PL 4330, que regulariza a precarização do trabalho e, pela suspensão imediata do leilão do campo de Libra, que é uma das principais bandeiras de luta da categoria nesta campanha reivindicatória.

Os petroleiros da Bacia de Campos vem realizando mobilizações fortes e com sucesso desde 25 de julho desse ano. Duas greves com entrega da produção, paralisações de PT, Operação Padrão e trancaço em Imbetiba foram realizados no NF, demonstrando que a categoria petroleira está mobilizada e preparada para avançar ainda mais nas mobilizações, conforme foi discutido no último seminário de greve nos dias 11 e 12 de agosto.

Equipe de contingência do NF
A diretoria do sindicato convoca os trabalhadores que estiverem de folga na próxima semana para participar da Equipe de Contingência dos Trabalhadores. Durante o período que estiverem nessa equipe, o Sindipetro-NF custeará as despesas com alimentação, estadia e transporte dos petroleiros. Para participar é necessário encaminhar seus dados para o email da Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Proposta rebaixada
A proposta apresentada pela Petrobrás no dia 7, foi considerada pela FUP e seus sindicatos como incompleta, além de não contemplar as reivindicações dos trabalhadores. Em relação às cláusulas econômicas, a empresa propõe o reajuste em 7,68% no salário dos trabalhadores na tabela da RMNR, que representa o ganho real entre 1,17% a 1,5% e um abono correspondente a uma remuneração ou R$ 4.000,00, o que for maior.

A Federação reivindica 5% de ganho real, condições seguras de trabalho para todos, fundo garantidor para os trabalhadores terceirizados, melhoria dos benefícios, mudanças no PCAC, entre outras reivindicações da categoria.

Veja a parcial das assembleias:

01 -Rejeição proposta clausulas economicas e sociais ap. dia 07-10.

 

PlataformaFavorContraAbstenção
TECAB   
PCE-1 2800
PGP-1    
PRA-1    
PPM-12800
PPG-1    
PNA-1 3000
PNA-2 2700
PCH-1 2500
PCH-2    
PCP 1/3    
PCP 2 1010
PVM-1   
PVM-2 601
PVM-3 800
CIAC1100
P-07 2310
P-08 2800
P-09 1910
P-10 2500
P-12 2500
P-15 2400
P-16    
P-17 2300
P-18 3010
P-19    
P-20 2601
P-23    
P-25 3610
P-26 3600
P-27 3400
P-31 2611
P-32 2200
P-33 4200
P-35 3011
P-37    
P-38 1400
P-40 3400
P-43 4400
P-47 2721
P-48 3400
P-50 2701
P-513600
P-52 3200
P-53 3201
P-54 3900
P-563300
P-65 1300
Total98797

02 -Rejeição proposta PLR Futura.

 

PlataformaFavorContraAbstenção
TECAB   
PCE-1 2800
PGP-1    
PRA-1    
PPM-12800
PPG-1    
PNA-1 3000
PNA-2 2700
PCH-1 2500
PCH-2    
PCP 1/3    
PCP 2 1100
PVM-1   
PVM-2 601
PVM-3 800
CIAC803
P-07 2400
P-08 2800
P-09 2000
P-10 2500
P-12 1690
P-15 2400
P-16    
P-17 2300
P-18 3010
P-19    
P-20 2304
P-23    
P-25 3700
P-26 3600
P-27 3400
P-31 10018
P-32 2101
P-33 4200
P-35 2804
P-37    
P-38 1400
P-40 3400
P-43 4400
P-47 3000
P-48 3400
P-50 2800
P-513600
P-52 3200
P-53 3300
P-54 3900
P-563300
P-65 1201
Total9611032

03 -Aprovação greve a partir dia 17/10.

 

PlataformaFavorContraAbstenção
TECAB   
PCE-1 2251
PGP-1    
PRA-1    
PPM-111107
PPG-1    
PNA-1 2901
PNA-2 2502
PCH-1 2500
PCH-2    
PCP 1/3    
PCP 2 920
PVM-1   
PVM-2 511
PVM-3 701
CIAC632
P-07 2400
P-08 2800
P-09 1910
P-10 1924
P-12 2500
P-15 2400
P-16    
P-17 1670
P-18 3010
P-19    
P-20 2601
P-23    
P-25 2881
P-26 3240
P-27 3400
P-31 11170
P-32 2200
P-33 4010
P-35 12155
P-37    
P-38 1211
P-40 3310
P-43 4112
P-47 2811
P-48 3211
P-50 2701
P-513600
P-52 3200
P-53 2931
P-54 3540
P-563012
P-65 913
Total8739138

 

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram