Trabalhadores de P-52 enviam manifesto sobre repouso remunerado e contra os leilões e a precarização do trabalho

Segunda, 19 Agosto 2013 10:34

Sindipetro NF

MANIFESTO DOS TRABALHADORES DE P-52

RSR para todos, contra precarização das condições de trabalho e contra os Leilões dos Campos de Petróleo

Observamos cada vez mais a redução dos postos de trabalho do pessoal embarcado reduzindo a equipe e , consequentemente, gerando sobrecarga aos demais. Foi assim com a extinção da Facilidades, gerando a função do operador mantenedor e redução dos postos da produção. Agora, com o lançamento do PROEF/PROCOP, esta prática está de volta; para reduzir ainda mais postos de trabalho a bordo, a Direção da empresa propõe a redução drástica do plano de manutenção preventiva podendo ocasionar risco à segurança das embarcações. Os programas preveem também a extinção do cargo de operador de facilidades F1, que será absorvido pela produção e embarcação, mudança da operação da planta para base em terra. Sabemos que a mão de obra representa um custo mínimo em relação ao global e, que o verdadeiro desperdício está nos contratos milionários de manutenção e aluguel de equipamentos e unidades que poderiam ser efetuados com recursos próprios da empresa.

Os trabalhadores de P-52 colocam-se contra o processo de LEILÃO DE CAMPOS DE PETRÓLEO ocorrido em MAIO e, o próximo, que a ANP pretende efetuar em Outubro com apoio do Governo Federal, como o do campo de LIBRA que é considerado um dos maiores campos de petróleo do mundo. Estes entendem que são campos estratégicos e que deveriam ficar com a Petrobrás, que ao longo dos anos investiu em pesquisa para descobri-los; gerando assim recursos econômicos para o Brasil que poderão alavancar o progresso do país.

Por último, mas não menos importante, parabenizamos a categoria petroleira, que realizou de maneira impar um movimento demonstrando todo o seu descontentamento pela atitude arbitrária e ditatorial que a direção da Petrobrás tomou ao nos privar de um direito conquistado em todas as instâncias da justiça.Entendemos que o parecer de um juiz em uma liminar, não pode ir de encontro à opnião de todo o tribunal em decisão unânime. Ficamos tristes pois achamos que se alguns companheiros entendessem a importância dessa luta, nossas conquistas seriam muito mais fáceis. Fica o recado para aqueles que se escondem atrás dos "cargos de confiança" que esta conquista também vai beneficiá-los, pois o direito também foi tirado deles. Fica por fim o nosso reconhecimento e agradecimento pelo espírito de luta coletiva dos COMPANHEIROS NOVOS DA EMPRESA, que mesmo sem estar recebendo a RSR, entenderam que essa luta é de toda categoria e abraçaram a causa. Que eles sirvam de espelho e exemplo para os companheiros que se protegem nos "cargos de confiança" e sobem com a equipe de contingência.

LISTA DE COMPONENTES DA EQUIPE DE CONTINGÊNCIA E PELEGOS

VOLUNTÁRIOS DA P-52 NO DIA 09/08/2013

ALEXANDRE AUGUSTO DE PAULA SILVA – SUMEC – SUBIU FORA DE ESCALA

CLAUDIO MIRANDA – SUMEC - SUBIU FORA DE ESCALA

DALBERTO FERREIRA DOS SANTOS – SUEIN – FICOU UM DIA A MAIS

ELZINO SANTOS REIS – SUEIN – ESCALA NORMAL

FERNANDO DE SOUZA ROCHA – SUMEC – ESCALA NORMAL

GERSON SABCHUK – SUEIN – SUBIU FORA DE ESCALA

GREISON SANTOS PEREIRA – SUPROD – SUBIU FORA DE ESCALA

JEAN FRANCISCO ALVES – SUPROD – SUBIU FORA DE ESCALA

JOSIEL ROCHA DOS SANTOS – SUPROD – ESCALA NORMAL

LUIS CLAUDIO DOS SANTOS – SUMEC – FICOU UM DIA A MAIS

MAURICIO SENA CHAVES – SUEIN – SUBIU FORA DE ESCALA

ODILTON MEDRADO SOBRAL CASTELLO BRANCO FILHO – SUPROD – FICOU DOIS DIAS A MAIS

OSVALDO LUIS PEREIRA – SUPROD – ESCALA NORMAL

ALBERTO LOUZADA DIAS – COEMB – ESCALA NORMAL

CELIO ALVES DE OLIVEIRA – COEMB – FICOU DOIS DIAS A MAIS

CESAR AUGUSTO OLIVEIRA DE ARAUJO – COMAN – ESCALA NORMAL

FRANCISCO DE OLIVEIRA LEITE – COPROD – FICOU DOIS DIAS A MAIS

JOSE ANTONIO FERREIRA COSTA – COMAN – SUBIU FORA DE ESCALA

JOSE ROBERTO WOLF – COPROD – ESCALA NORMAL

KRESUS TEIXEIRA VARGAS – COMAN – SUBIU FORA DE ESCALA

FELIPE EMANUEL DA SILVA ALVES – COMAN – SUBIU FORA DE ESCALA

FERNANDA ELOY SILVA DUARTE – ENGENHEIRA DE BASE – SUBIU SÓ PARA A CONTINGÊNCIA

FABIO GRUBBA MOTTA – ENGENHEIRO DE BASE (TBM) – SUBIU SÓ PARA A CONTINGÊNCIA

PABLO FIGUEIREDO NUNES DOS SANTOS – GEPLAT – ESCALA NORMAL

VONIBALDO MARINO BREMENKAMP – TLT – ESCALA NORMAL

BRUNO DE OLIVEIRA PASSOS – TECNICO SEGURANÇA – ESCALA NORMAL

CRISTIANE VIDAL DE OLIVEIRA – TECNICA DE SEGURANÇA – ESCALA NORMAL

MARIANA MARTINS NEVES – TECNICA DE SEGURANÇA – ESCALA NORMAL

ALINE DE PAULA RODRIGUES – TECNICA DE SEGURANÇA- ESCALA NORMAL

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram