Trabalhadores do Terminal de Cabiúnas sofrem ameaças antes mesmo da mobilização

Sexta, 06 Julho 2012 12:32

Antes mesmo do início da mobilização dos trabalhadores do Terminal de Cabiúnas, os assédios já começaram. A  paralisação de PTs (Permissão de Trabalho) às 23h de ontem e terão a duração de 24h. O Sindipetro-NF recebeu informações de que trabalhadores estariam sendo ameaçados por chefias da base em caso de adesão ao movimento.

"Recebi relatos de que a chefia está ameaçando fazer uma lista com os nomes de quem aderir à mobilização para enviar para a diretoria da Transpetro", disse Gedson Almeida, diretor do NF.

O sindicato orienta os trabalhadores a se manterem firmes e não caírem no jogo de ameaças e boatos que normalmente as gerências espalham nos momentos que antecedem às mobilizações.

Assembleias finalizadas

Na tarde desta quinta-feira, 05, foi realizada a última das três assembleias na base para avaliar o indicativo de paralisação. Como ocorreu com os demais, o Grupo D também aprovou a mobilização, com 12 votos favoráveis, nenhum contrário e uma abstenção.

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram