Trabalhadores do Terminal de Cabiúnas encaminham manifesto ao Sindipetro NF

Quinta, 19 Novembro 2015 11:50

Os trabalhadores do Terminal de Cabiúnas encaminharam um manifesto ao Sindipetro-NF a respeito da importância dos trabalhadores do TECAB e do próprio terminal para a sociedade e a categoria petroleira. Também colocaram sua preocupação no caso de cessão para a Petrobrás. Leia o conteúdo abaixo: 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Nós, funcionários do TECAB viemos por meio desta esclarecer a importância dos funcionários do TECAB a Petrobrás.
O terminal hoje não se trata somente de um terminal de transferência e estocagem, e sim de um pólo de processamento de todo o gás e boa parte do petróleo da Bacia de Campos, além de ser responsável pela ROTA 3 do PRÉ-SAL. Caracterizando assim a importância do TECAB na matriz energética nacional, principalmente em época de crise hídrica.

Como a maioria já sabe, a partir de janeiro de 2016 o TECAB, que hoje é a única base da Transpetro vinculada ao Sindipetro NF, deixará de ser operado pela Transpetro e nós, funcionários, seremos cedidos à Petrobrás.

Como cedidos ficaremos expostos e/ou vulneráveis às sanções, perseguições como: não podermos nos reunir dentro da base; sermos transferidos para outras unidades da transpetro, perdendo assim, a nossa força de mobilização como já de conhecimento de muitos, nós do TECAB sempre estivemos na luta, mesmo quando ela não nos favorece diretamente, como por exemplo, a greve do dia de desembarque. E não nos arrependemos deste feito pois como diz o nosso lema: “MEXEU COM MEU COMPANHEIRO, MEXEU COMIGO! PORQUE SOMOS TODOS PETROLEIROS”.

Finalizamos, contamos com o apoio da Bacia de Campos e do Sindicato para manter a nossa unidade e força.

NÓS DEFENDEMOS A REABERTURA DO GT DA TRANSPETRO COM REPRESENTAÇÃO SINDICAL.

PETROLEIROS DO TECAB.

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram