Leia o documento elaborado pela diretoria do NF "Aos companheiros da Bacia"

Terça, 17 Novembro 2015 11:15

A Diretoria do Sindipetro-NF distribuiu nas reuniões de setoriais de Campos e Macaé um documento "Aos Companehiros da Bacia". Leia a íntegra abaixo: 

Aos companheiros da Bacia de Campos

O Sindipetro-NF mantém uma tradição de conversar de modo muito transparente sobre os posicionamentos da sua diretoria em relação aos temas da categoria petroleira e do cenário nacional. Tem sido assim mesmo em momentos que, de modo democrático, os trabalhadores manifestam-se majoritariamente contrários a indicativos da entidade, o que ocorreu nas assembleias do último sábado.

Neste sentido, o sindicato esclarece os seguintes pontos:

1 - No instante seguinte às assembleias, toda a diretoria e a estrutura sindical continuaram a trabalhar intensamente pelo fortalecimento da greve. Todos os militantes, que desde os primeiros dias da greve estavam a postos para as atividades sindicatos, já participavam de atos nos aeroportos e no Terminal de Cabiúnas.

2 - A diretoria do sindicato avaliou rapidamente o novo cenário da greve e orientou pela mudança de estratégia, com a opção pelo desembarque de todos os grevistas e o desgaste máximo dos "pelegos".

3 - Todos os cuidados políticos, jurídicos e de comunicação estão sendo tomados para que a greve mantenha a sua legalidade e legitimidade. O sindicato combate todas as formas de boatos e tentativas de contra-informação vindas das gerências da Petrobrás.

4 - A entidade tem clareza de que o inimigo comum da categoria não está entre os grevistas, mas fora do movimento, e que quaisquer divergências nos encaminhamentos em relação à paralisação apenas refletem a multiplicidade de forças políticas e o vigor democrático da categoria, não alterando a condução firme e legítima do sindicato para os passos aprovados em assembleia.

5 - A diretoria continua no comando da greve desde seu começo, para liderar os movimentos reivindicatórios da categoria e apresentar democraticamente seus indicativos, e continuará seguindo as deliberações das assembleias.

6 - É fundamental que os trabalhadores continuem em sintonia fina com o sindicato, para seguirmos firmes nesta greve que já é histórica e obtermos avanços pretendidos nas negociações com a Petrobrás. Só a unidade pode garantir a vitória nesta luta.

7 - O sindicato tem a convicção de que a greve também é um importante momento de aprendizado político para as lutas que não se encerram com o movimento. Muito ainda precisará ser feito para enfrentar todo o plano de desmonte da Petrobrás e o ataque a direitos da categoria. Para isso, é essencial que os trabalhadores fortaleçam e continuem a legitimar as suas entidades representativas.

Sigamos na greve!

Macaé, 16 de Novembro de 2015

Diretoria Colegiada do Sindipetro-NF

  

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram