Petroleiros e movimentos sociais realizam ato em defesa da Petrobrás em Fortaleza

Quarta, 11 Novembro 2015 13:32

 

O Sindicato dos Petroleiros, as centrais sindicais e movimentos sociais e estudantis realizaram nesta terça-feira, (10), um ato de conscientização da importância da greve para a população na Praça do Ferreira, no centro de Fortaleza (CE).

Participaram do ato o Movimento Luta de Classes (MLC), Kizomba, CTB, CUT, Conlutas, Seeaconce, MOTU, SINTETI, APEOC, MML, Fetamce, Consulta Poupular, MAB, Sintro, mandato do Deputado Elmano Freitas, Casa de Cultura e defesa da Mulher Chiquinha Gonzaga, Movimento Democracia Participativa, Comitê Memória, Verdade e Justiça.

Entenda por que esta é “uma greve pelo Brasil“, como explica o presidente do Sindicato dos Petroleiros do Ceará e Piauí (Sindipetro/CE-PI), Oriá Fernandes, em artigo publicado nesta terça-feira no jornal O POVO.

Na ocasião, o movimento distribuiu para a população o informativo intitulado “Porque a sociedade deve apoiar a greve dos Petroleiros?”, expondo cinco pontos importantes sobre a situação atual da Petrobras.

No final, houve uma marcha simbólica pela praça.

Fonte: Sindipetro CE/PI

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram