Juiz concede liminar para Sindipetro/MG averiguar condições de trabalho durante a greve

Quinta, 05 Novembro 2015 19:27

 

Nesta quinta-feira, 5, cinco diretores, acompanhados de dois oficiais da justiça e da assessoria jurídica do sindicato, Renata Celes, entraram nas dependências da Regap para averiguar as condições de trabalho.

Os oficiais entrevistaram os petroleiros, que declararam estar cumprindo jornadas excessivas, ulrapassando as 10 horas permitidas pela lei. Além disso, foi constatado que o número mínimo nas unidades não está sendo cumprido.

A assessora jurídica do Sindipetro/MG irá apresentar os depoimentos à justiça, para que assim, as medidas necessárias possam ser tomadas.

Já na Termelétrica Aureliano Chaves foi entregue à gerência uma liminar para retirada de todos os trabalhadores que estão há mais de 10 horas trabalhando. O Sindipetro/MG aguarda o cumprimento da decisão judicial.

Diante da pressão do Sindipetro/MG, três operadores do turno da Termelétrica Aureliano Chaves foram liberados.

Fonte: Sindipetro-MG

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram