Trabalhadores norte-americanos apoiam luta dos brasileiros em defesa da Petrobrás e da democracia

Terça, 10 Março 2015 18:15

 

Em documento enviado à FUP e à CUT, a Confederação dos Sindicatos dos Trabalhadores da Siderurgia, Petróleo, Papel e Celulose, Borracha, Energia e Aliados Industriais e de Serviços dos Estados Unidos e Canadá – USW - manifesta seu apoio e solidariedade à luta dos trabalhadores brasileiros em defesa da Petrobrás e da democracia.

Considerado uma das maiores entidades sindicais do mundo, cuja representação atinge 1,2 milhões de trabalhadores nestes dois países, a USW endossa a importância da "manutenção democrática da propriedade pública e o controle da Petrobrás pelo Estado brasileiro".

"Sem este controle público, será muito mais difícil se assegurar que os recursos naturais brasileiros sejam utilizados para beneficiar seu povo ao invés das corporações multinacionais, para manter empregos, proteger a saúde e segurança do trabalhador e para melhorar condições econômicas dos trabalhadores da indústria petrolífera e de gás", reitera o presidente internacional da USW, Leo Gerard.

Ele ressalta a importância da unidade na luta classista e lembra que cerca de 7 mil petroleiros norte-americanos estão em greve nas refinarias reivindicando que as multinacionais "respeitem o processo de negociação coletiva e que coloquem as vidas dos trabalhadores à frente dos lucros".

"Nas mesas de negociação e nos piquetes, estamos lutando por melhorias para salvar vidas para lidar com a fatiga bem como outras medidas de bom senso e tornar mais seguras as refinarias petrolíferas e as plantas de químicas. Sabemos o quão difícil é fazer com que empresas multinacionais tenham um comportamento responsável", destaca o presidente da USW.

Veja aqui a íntegra a nota de solidariedade aos trabalhadores brasileiros enviado pela entidade.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram