Ato na Reman fortalece luta por uma PLR democrática e sem privilégios

Sexta, 05 Agosto 2011 11:15
As delegações de petroleiros presentes ao XV Confup participaram nesta sexta-feira, 05, de um ato político em frente à Refinaria de Manaus (Reman), onde reafirmaram a deliberação da categoria nas assembléias de que com surbônus, não tem acordo. A manifestação contou com a adesão dos trabalhadores próprios e terceirizados da refinaria, que atrasaram o expediente por duas horas, fortalecendo a mobilização nacional da categoria por uma PLR democrática e sem privilégios. Os petroleiros também reivindicaram uma política de SMS que proteja de fato a vida dos trabalhadores, a solução dos problemas da AMS e uma definição da Petrobrás em relação às PLRs futuras. 

Em defesa da Reman e dos investimentos estratégicos da Petrobrás

Outro ponto que marcou o ato na Reman foi a cobrança dos investimentos da Petrobrás para adaptar o parque de refino às exigências da nova legislação ambiental. A refinaria corre o risco de fechar, se a estatal continuar adiando o as obras de modernização da unidade. Recentemente, a Petrobrás anunciou que fará cortes de US$ 13,6 bilhões nos investimentos previstos em seu planejamento estratégico. A FUP e seus sindicatos cobrarão do governo que não haja “desinvestimento” da estatal em setores que tenham relevância social e econômica, como é o caso da Reman.  

Novas mobilizações e gestões junto ao governo

As mobilizações por uma PLR sem privilégios prosseguem ao longo desta semana, com protestos e atrasos em todas as bases da FUP. Na quarta-feira, 10, haverá um ato nacional, no Rio de Janeiro, com participação de caravanas de petroleiros de vários estados do país, onde, mais uma vez, a categoria cobrará uma PLR sem privilégios. Paralelamente, a FUP estará fazendo contatos com os interlocutores da presidenta Dilma Rousseff para cobrar do governo federal um posicionamento em relação às reivindicações dos trabalhadores.

Conselho Deliberativo - os encaminhamentos em relação à PLR foram mais uma vez decididos em comum acordo com todos os sindicatos no Conselho Deliberativo da FUP, que reuniu-se nos dias 02 e 03, em Manaus, antes do início do XV Confup. Na próxima quinta-feira, 11, haverá uma nova reunião do Conselho para definir os próximos passos.

CONFIRA OS VÍDEOS COM TRECHOS DA MANISFESTAÇÃO NA REMAN:

http://www.youtube.com/watch?v=xLTISej3rlQ

http://www.youtube.com/watch?v=G6NOksahQ1c

VEJA AQUI A COBERTURA DO ATO

Última modificação em Segunda, 23 Julho 2012 18:35

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram