FUP retoma negociação com a Petrobrás nesta quinta e sexta-feira

Quarta, 12 Outubro 2011 21:00
O prazo definido pelo Conselho Deliberativo da FUP para a Petrobrás apresentar sua contraproposta é dia 17.

Imprensa da FUP

Nesta quinta-feira, 13, acontece a quarta rodada de negociação da FUP com a Petrobrás. A reunião de hoje abordará AMS, benefícios educacionais e Petros. Amanhã, serão discutidos SMS, vantagens e PCAC.

O prazo definido pelo Conselho Deliberativo da FUP para a Petrobrás apresentar sua contraproposta é dia 17. 

Estado de greve e mobilização nacional no dia 19

Os sindicatos estão aprovando nas assembléias os indicativos da FUP de estado de greve, assembléias permanentes e  mobilização nacional no dia 19, com atrasos de no mínimo duas horas em todos os turnos e no expediente administrativo, além de cortes na emissão de Permissões de Trabalho (PTs). 

Aumento real

Os petroleiros reivindicam 10% de ganho real, reabertura do PCAC, extensão para todos os trabalhadores dos níveis concedidos aos profissionais Júnior. Os fabulosos lucros conquistados pela Petrobrás graças aos trabalhadores garantem à empresa plenas condições de atender essas reivindicações. Portanto, é inadmissível os argumentos reacionários de alguns setores do governo e das estatais, entre elas a Petrobrás, de que ganho real gera inflação. Aumentar e distribuir renda é o principal antídoto contra as crises econômicas. O Brasil tem provado isso e os petroleiros não medirão esforços para conquistar na luta suas reivindicações.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram