Acordos assinados, que venham as próximas lutas

Sexta, 05 Janeiro 2018 18:39

assinatura ACT

Em um cenário de graves ataques contra o povo brasileiro, com os direitos dos trabalhadores sendo destruídos pelo interesse dos grandes empresários, os petroleiros garantiram a manutenção do ACT por dois anos e a FUP e seus Sindicatos filiados assinaram, nesta manhã do dia 05 de janeiro, o Acordo Coletivo de Trabalho 2017/2019, no Edifício Sede da Petrobrás, no Rio de Janeiro.

Na contramão do que vem ocorrendo em com outras categorias, e mesmo com a contrarreforma trabalhista instaurada no Brasil, a categoria barrou a retirada de direitos na Petrobrás e subsidiárias, inclusive na Araucária Nitrogenados e TBG, onde os trabalhadores já enfrentam o processo de privatização. Esta é uma vitória dos Petroleiros.

O reajuste retroativo a setembro será pago aos empregados das bases da FUP no dia 12/01.

Mesmo com acordo assinado, a luta da categoria contra a privatização da empresa continua. Os petroleiros estão em estado de greve e assembleia permanente, como foi aprovado.

Relembre o histórico da campanha salarial 2017 no portal da FUP. http://www.fup.org.br/campanha-reivindicatoria-2017

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram