updated 9:59 PM BRST, Nov 22, 2017
Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017

Eleição para os CAs do Sistema Petrobrás prossegue até domingo (18)

  • Publicado em BLOG

alt

Começou no sábado e prossegue até o dia 18 o primeiro turno das eleições para a representação dos trabalhadores nos Conselhos de Administração do Sistema Petrobrás. A FUP e seus sindicatos apoiam Deyvid Bacelar para o CA da Petrobrás e Cláudio Nunes para o CA da Transpetro. Ambos são jovens lideranças sindicais, comprometidas com a pauta da categoria, principalmente no que diz respeito às condições de trabalho e ao papel da Petrobrás enquanto empresa pública.

Deyvid é coordenador do Sindipetro-BA e técnico de segurança na RLAM. Cláudio Nunes é diretor do Sindipetro-NF e técnico do Terminal de Cabiúnas. Os dois foram admitidos em 2006. Acesse o perfil dos candidatos no facebook e conheça suas propostas: facebook.com/deyvidbacelarnoca e facebook.com/claudionunesnoca.

Votar é simples e rápido

Não leva nem dois minutos o acesso completo ao sistema de votação para os Conselhos de Administração da Petrobrás e da Transpetro. Veja como é simples e rápido participar e garantir o seu voto em candidatos que de fato representarão os trabalhadores na mais importante instância de decisão da maior empresa brasileira.

1.       Você pode votar pela intranet ou internet

2.       Pela intranet, clique no banner verde, onde se lê "Eleição de Representante dos Empregados"

3.       Pela internet, acesse o portal cael.petrobras.com.br. Você precisará necessariamente da senha extranet

4.       Faça o login com sua chave e senha

5.       Os candidatos aparecerão na tela por ordem alfabética. Vote Deyvid Bacelar (Petrobras) ou Cláudio Nunes (Transpetro)

6.       Clique na foto do candidato e confirme seu voto

7.       O processo será finalizado com a mensagem de confirmação do voto

 

alt

 

Retomar a luta pelo PL 6051/13 e ampliar a representação dos trabalhadores

A grave crise de gestão que atravessa a Petrobrás em função das denúncias de corrupção investigadas pela operação Lava Jato aumenta ainda mais a importância da representação dos trabalhadores no Conselho de Administração da estatal. Essa vaga, tão importante na luta pela democratização das gestões públicas e estatais, é uma conquista recente dos trabalhadores e, em especial, da FUP, que desde a sua fundação, cobrava participação nos CAs da Petrobrás e de suas subsidiárias.

O pleito foi apresentado pessoalmente pelos petroleiros ao ex-presidente Lula, logo após a sua eleição, em 2002. Mas, somente no dia 29 de dezembro de 2010, após dois anos de tramitação no Congresso Nacional, foi sancionada a Lei nº 12.353, que assegura o direito de trabalhadores elegerem um representante para o Conselho de Administração de empresas públicas, sociedade de economia mista, subsidiária e suas controladoras em que a União detenha maioria do capital social.

Na segunda eleição para o CA da Petrobrás, em 2013, o atual coordenador da FUP, José Maria Rangel, foi eleito pelos trabalhadores, iniciando uma nova luta para ampliar e fortalecer esse importante instrumento de representação da categoria.  Em conjunto com a então deputada federal Fátima Bezerra (PT/RN), Zé Maria formulou o Projeto de Lei 6051/2013, que visa suprimir da Lei 12.353/2010 o parágrafo 3º do artigo 2º, que limita a atuação dos conselheiros eleitos, que são impedidos de discutir e votar questões relativas aos trabalhadores, como remuneração, relações sindicais e previdenciárias. O projeto foi aprovado por unanimidade na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados Federais e seguiu para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJC).

Os candidatos apoiados pela FUP -  Deyvid Bacelar (Petrobrás) e Cláudio Nunes (Transpetro) - darão sequência a esta luta, retomando articulações no Congresso Nacional para que o PL 6051/2013 seja aprovado, para ampliar e valorizar ainda mais a representação dos trabalhadores no CA.

Fonte: FUP

Mídia