updated 2:25 PM BRST, Dec 14, 2017
Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017

FUP cobra agilidade da empresa para bom andamento do GT da Petros

No segundo GT da Petros, que aconteceu na terça-feira, 14, a Petrobrás falou que deve se posicionar, até o dia 23, sobre a suspensão do Plano de Equacionamento do Déficit da Petros pelo prazo de 90 dias ou até a conclusão do Grupo de Trabalho. Também foi cobrada pela FUP e entidades sindicais presentes, a apresentação de estudos e simulações em relação ao PED e reforçaram a importância da agilidade no posicionamento da empresa e da fundação para a continuidade dos trabalhos do grupo. 
Além deste, foram tradados temas como o impacto financeiro e atuarial da RMNR, TAC, grupo pré 70 e participação de pensionistas no equacionamento. 
 
Veja o documento da ata da reunião na íntegra:
 
WhatsApp_Image_2017-11-16_at_17.54.42.jpeg
 
WhatsApp_Image_2017-11-16_at_17.54.42-2.jpeg
WhatsApp_Image_2017-11-16_at_17.54.43.jpeg

Mídia