updated 10:51 PM BRT, Sep 21, 2017
Sexta-Feira, 22 de Setembro de 2017

IV Plenafup aprova plano de luta contra a privatização do petróleo

alt

FUP

Os petroleiros que participaram da IV Plenafup, entre os dias 06 e 09 de junho, em Caruaru (PE), no Assentamento Normandia, do MST, aprovaram por unanimidade um plano de luta que fortalece a unidade dos movimentos sociais contra os leilões de concessão do petróleo e gás, bem como retrocessos que busquem atacar a Petrobrás, visando reduzir a participação do Estado no setor. Já nesta semana, nos dias 13 e 14, a FUP realiza um seminário nacional em conjunto com outras categorias e movimentos sociais, para construção de uma proposta de desenvolvimento voltada para a indústria de Petróleo e Gás, com soberania,  trabalho decente e geração de emprego e renda no Brasil. Saiba mais aqui.

Petróleo para o povo brasileiro

A Plenária também deliberou pela continuidade da luta em defesa do Projeto de Lei construído pelos movimentos sociais (PLS531/2009), em tramitação no Congresso Nacional, que propõe retomar o monopólio estatal do Petróleo e Gás, executado por uma Petrobrás 100% estatal portanto publica. Foi aprovada a reativação dos comitês regionais em defesa do petróleo para o povo brasileiro, em conjunto com os movimentos sociais, para aprofundar e ampliar os debates sobre a importância estratégica do setor para o desenvolvimento do Brasil. Uma grande mobilização no dia 17 de julho marcará a retomada da campanha em todos os estados.

Já estão na agenda de luta o enfrentamento contra a realização da 12º Rodada de Licitações e campos de petróleo, agendada para outubro, e também mobilizações para impedir a 13º Rodada, que terá como foco as áreas produtoras de gás, inclusive o xisto. Para isso, a plenária propôs que os sindicatos e a FUP se cotizem na realização de uma grande campanha de mídia se contrapondo aos leilões de petróleo e gás.

Leia também:

Conselheiro eleito que representa os trabalhadores no CA da Petrobrás condena leilão de petróleo em audiência pública da ANP

alt

Em defesa dos Campos Terrestres e da atualização da Lei 5811/72

Outra deliberação importante da IV Plenafup foi a intensificação da luta pela manutenção dos investimentos da Petrobrás nos campos terrestres. Leia aqui a "Carta de Caruaru". Além disso, os petroleiros deliberaram pela realização de uma campanha nacional pela aprovação do projeto dos trabalhadores para atualização da Lei 5811/72, regulamentando jornadas e condições de trabalho e segurança na indústria de Petróleo, Gás e Petroquímica.

A IV Plenafup também deliberou sobre pautas de reivindicações, SMS, terceirização e previdência.

Mídia

Última modificação emSegunda, 17 Junho 2013 10:27