updated 10:51 PM BRT, Sep 21, 2017
Sexta-Feira, 22 de Setembro de 2017

Coordenador da FUP classifica Plenária como histórica

  • Publicado em I PLENAFUP

Imprensa do Sindipetro-NF

O coordenador geral da FUP, João Antônio Moraes, avalia que a I PlenaFUP, que começa nesta noite, já pode ser considerada histórica para o movimento sindical brasileiro em razão de uma inédita realização de um evento de trabalhadores urbanos em um assentamento do MST.

“Que eu tenha notícia, é a primeira vez que isso ocorre”, disse Moraes ao site do Sindipetro-NF.

Para ele, a escolha do Assentamento do Contestado, na cidade da Lapa, no Paraná, foi uma sugestão do Sindipetro-PR que vinha sendo amadurecida há cerca de dois anos, até ser aprovado, por unanimidade, no Conselho Deliberativo e a Diretoria da Federação.

“Esta plenária aqui tem um simbolismo muito grande, ao unir categorias profissionais com cotidianos tão distintos, mas com uma afinidade de classe em lutas muito importantes para o povo brasileiro”, disse.

Moraes destaca o papel de petroleiros e sem terra na defesa de uma nova lei do petróleo, que garanta para os brasileiros os recursos do Pré-sal. Além disso, cita como exemplo a própria experiência do Assentamento do Contestado, que abriga a Escola Latino Americana de Agroecologia e seus ensinamentos acerca do consumo de alimentos orgânicos, com baixo consumo de energia em sua produção.

“Se nós não mudarmos o nosso padrão de consumo, teremos o mesmo fim dos dinossauros”, avaliou o coordenador.

Mídia

Última modificação emSegunda, 20 Fevereiro 2012 12:16