updated 6:16 PM BRST, Nov 24, 2017
Sexta-Feira, 24 de Novembro de 2017

Sindipetro-NF recebeu denuncias de 377 furagreves nas plataformas e no Tecab

Em Cabiúnas, existem 16 furagreves se revezando em dois turnos de 12 horas.

Sindipetro NF

O Sindipetro-NF irá submeter ao Ministério Público da Trabalho as listagens das pessoas que estão nas equipes de contingência que embarcaram nas plataformas até ontem, 15. Até o momento o NF recebeu da categoria o nome de 377 furagreves, das plataformas P-08, P-15, P-18, P-20, P-25, P-27, P-31, P-33, P-40,P-48, P-50, P-54, P-56, PNA-2, PRA-1, PVM-2,PVM-3, PCH-2 e PCP-1/3

Em Cabiúnas, existem 16 furagreves se revezando em dois turnos de 12 horas.
O sindicato quer encaminhar ao MPT mais denuncias de furagreves e para isso é necessário que todas as plataformas encaminhem suas listas imediatamente.

Equipes de contingência atrapalham residentes

Chegaram denúncias que em algumas plataformas as equipes de contingência estão desalojando o pessoal de turno de seus camarotes. Esse pessoal foi transferido para camarotes onde estão trabalhadores que não são do turno, o que acarreta uma circulação maior e causa transtornos no sono do pessoal do turno. Onde há trabalhadoras, a situação fica pior, porque além desse problema, há o constrangimento de ter que ficar entrando nas cabines ocupadas por homens.

O Sindipetro-NF condicionou a realização de assembleias à descida imediata das equipes de contingência.

Mídia