updated 2:25 PM BRST, Dec 14, 2017
Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017
banner

Petroleiros na luta por nenhum direito a menos

Nesta quinta-feira, 30 de novembro, os petroleiros das bases da FUP farão mais uma grande mobilização contra a retirada de direitos. Os gestores da Petrobrás estão sentindo a pressão da categoria, que respondeu à altura a proposta de desmonte do Acordo Coletivo, aprovando uma greve por tempo indeterminado, caso a empresa insista em mexer nas conquistas dos trabalhadores.

No dia seguinte a FUP ter comunicado à Petrobrás o resultado das assembleias, a empresa, assim como a Transpetro e a Araucária Nitrogenados, prorrogaram o Acordo Coletivo de Trabalho até 31 de dezembro.

A luta é que garantirá a renovação do ACT, sem redução ou cortes de direitos. Nesta quinta, os petroleiros aumentarão o tom e darão um novo recado à gestão Pedro Parente: tire as mãos do nosso Acordo Coletivo. Nossas conquistas vêm do nosso movimento. Com retirada de direitos, não há acordo.

FUP

Mídia